10/06/2018

O MEU TOQUE NO SEU SEIO



O MEU TOQUE NO SEU PEITO
                              Autor: Lucarocas

Numa noite de emoção
Senti seu riso brilhante
Seu olhar se fez canção
Iluminando o semblante
E num encontro de vinho
Senti na boca o carinho
Do beijo mais delirante.

E eu assim bem tranquilo
O seu corpo acarinhei
E fui tocar seu mamilo
E com calma segurei
E sem ter nenhum receio
Minha mão se encheu de seio
Na hora que lhe beijei.

E acarinhando seu peito
Num clima sem alvoroço
Sobre seu corpo me deito
Beijando o seu pescoço
Mas no toque que fazia
Na minha mão eu sentia
Um volume de caroço.

Na noite desse prazer
Nos amamos até tarde
Mas ali não quis dizer
Nada pra fazer alarde
E nessa noite de amor
Fiquei pensando na dor
Que talvez seu peito guarde.

Olhando a sua beleza
Eu fui então lhe acordar
E com carinho e leveza
É que eu fui lhe contar
E depois daquela prosa
Lembrei do Outubro Rosa
Pra ela se consultar.

Com firmeza de quem quer
Nunca deixar se abater
Deu seu riso de mulher
E foi me agradecer
Pois com carinho no leito
Fui descobrir em seu peito
Nova forma de viver.

E essa mulher amada
Em Deus se tornou valente
Agradeceu ser tocada
De um modo diferente
E se tornou mais segura
Pois houve tempo pra cura
Daquele seio doente.

E hoje em nosso enlaço
Eu ajo do mesmo jeito
Lhe acolho em meu abraço
Nela não vejo defeito
E para o nosso prazer
Eu continuo a fazer
O meu toque no seu peito.


LUCAROCAS
A Arte de Ser...

(85) 98897-4497 (oi – whats)
99985-7789 (tim)
www.lucarocas.com.br



9/30/2018



O CORDEL E O CASAMENTO

     O Cordel e o casamento são caminhos que se cruzam. Todo casamento começa com uma grande história de amor, e todo cordel se inicia por amor a uma grande história.
     Unir esses caminhos é fazer uma construção de memória para uma perpetuação de tempo, nas trilhas de uma nova história.
     Escrever em formato de texto de cordel, e fazer a publicação em folheto é ir além da literatura romancista, é construir a ternura na própria existência do amor. Por isso que fazemos com o melhor carinho.
     Mas as histórias de amor não se limitam apenas ao casamento, elas passam pelos enamorados, pais, filhos, avós, netos e amigos. Qualquer história merece o registro para um perpetuar de memória.
    A função do nosso trabalho é escrever a sua história com a melhor qualidade textual, e a melhor emoção que temos para oferecer. Esperamos qualquer dia escrevermos a emoção da sua melhor história de vida.
 Com fraternidade,
                               Lucarocas, escritor, comunicólogo e poeta.

Faça contato para orçamento:
LUCAROCAS
(85) 98897-4497 (oi – whats)
99985-7789 (tim) – 3495-1939 (fixo)


O CORDEL E CASAMENTO
                   Autor: Lucarocas

No centro de uma memória
Me surgiu um pensamento
Que no cordel há história
De diverso seguimento
E numa reflexão
Eu fiz a comparação
Do cordel com o casamento.

No cordel há narração
Que apaixona o leitor
No casamento a paixão
É o estopim do amor
E os dois em trajetória
Vão construindo uma história
De alegria ou de dor.

No cordel há um enredo
Para cada personagem
E no casamento o medo
É roupagem da coragem
E os dois em sua escrita
Vão fazendo mais bonita
A mais feliz da mensagem.

O cordel é uma verdade
Na mensagem que ele traz
O casamento é vontade
De toda amor que se faz
E assim como o cordel
O casamento é fiel
Para a construção da paz.

E se nos corações seus
Houver grande sentimento
Que haja a benção de Deus
Com todo merecimento
E de todo coração
Quero que haja união
Do cordel com o casamento.

Fortaleza, 30 Setembro de 2018.


6/02/2014

EVOLUÇÃO

                          
                            EVOLUÇÃO
                                       Lucarocas

Não existe perfeição
Apenas melhoramento
Fazendo bem a lição
Em prol do burilamento
Se terá algum direito
Dessa parte do “perfeito”
Que temos merecimento.

Deus com sua sapiência
Nos mostra uma condução
Para que com paciência
Possamos amar o irmão
E nessa troca de amor
Termos luz em esplendor
Nas trilhas do coração.

Dentro de uma caminhada
Há corpo que se empreguiça
Pode se estar na parada
Com desejo de cobiça
E dentro da evolução
Deus faz sua medição
Com o valor da justiça.

A vida então se completa
Na lição que nos ensina
Para ter uma alma reta
Moldado na disciplina
Precisa em benção de luz
Amarmos como Jesus
Nos ensinou na doutrina.

Assim a melhor lição
É da paz e caridade
E fazendo da oração
A força da humildade
E junto a todos os seus
Proclamar o amor de Deus
Pra se ter felicidade.

Fortaleza, 02 de junho de 2014.
20:30h





9/05/2013

Livre Arbítrio


LIVRE ARBÍTRIO
                       Lucarocas

Livre arbítrio é uma escolha
Num tomar de decisão
É destacar uma folha
Pra podar a plantação
É pensar sempre no bem
Para cuidar de alguém
Com carinho e proteção.
 
Livre arbítrio é a vontade
De encontrar um caminho
E buscar a liberdade
De nunca ficar sozinho
É semear todo amor
Doando o bem de uma flor
Sem lhe ferir com espinho.
 
Livre arbítrio é se manter
Fiel em sua relação
Ou é então escolher
Viver em outra paixão
Maculando a fieldade
Numa enganosa verdade
Que machuca o coração.

Livre arbítrio é aceitar
Toda escolha que se faz
É na vida semear
Uma cultura de paz
É fazer da oração
Um silêncio de canção
Que sempre a vida nos traz.
 
Livre arbítrio é consumir-se
No ódio da solidão
É na vida destruir-se
Por negar o seu perdão
É se amargar em rancor
Ou perdoar com amor
A falha do nosso irmão.
 
Livre arbítrio é escolher
Entre a trilha e o cansaço
É a estrada percorrer
Ou negar primeiro passo
É ser sozinho em abrigo
Ou dividir com o amigo
O calor de um abraço.
 
Livre arbítrio é ensinar
O que aprendeu da lição
É a um irmão negar
A luz para escuridão
É guardar-se na arrogância
Deixando na ignorância
Quem precisa de instrução.
 
Livre arbítrio é semear
Nas trevas pontos de luz
É a pedra burilar
Pra o brilho que ela produz
É se irmanar com os seus
Num grande encontro de Deus
Nos ritos bons de Jesus.
 
Fortaleza, 02 de setembro de 2013.

 

 

 

 

6/03/2013

Mundos Ditosos


          
            
 
 
 
 
 
 
 
 
 
             UMA VISÃO POÉTICA
   DOS MUNDOS DITOSOS E FELIZES
                                 Lucarocas

 
Quem chega ao mundo ditoso
                 Tem alma purificada
Vive de modo amistoso
Com a forma embelezada
E sua aparência humana
Na lida cotidiana
Se torna aperfeiçoada.

O corpo não se encerra
Na materialidade
Nem está ligado à terra
Em sua necessidade
Não muda sua formação
Nem tem deterioração
Com o tempo que lhe invade.

                Tem os sentidos tão puros
                Em suas percepções
                Não há trevas nem escuros
                Em todas as relações
                Não existe grosseria
                Só uma grande alegria
Na paz de suas emoções.

Devido a sua leveza
                 É fácil a locomoção
                 Não se tem a natureza
                 De rastejar pelo chão
Mas plaina com liberdade
Ao sabor da vontade
E da sua inspiração.

O espírito adiantado
Tem bem mais longevidade
Na morte não é findado
O tempo da eternidade
E com suas diretrizes
Mundos ditosos e felizes
É sonho da humanidade.

Quem quer ter mundo perfeito
Tem que se aperfeiçoar
Ser um cidadão direito
E a todos respeitar
Usar sempre lealdade
E pregar a caridade
Nas trilhas do caminhar.

Procurar fazer o bem
Em tudo que lhe conduz
Desejar a todo alguém
Somente benções de luz
E em todo e qualquer momento
Aplicar o ensinamento
Do grande mestre Jesus.

Talvez os mundos ditosos
Tenha em suas diretrizes
Os lugares prazerosos
Para ficarmos raízes
Então por merecimento
Tenhamos o acolhimento
Para momentos felizes.

Fortaleza, 03 de junho de 2013.

 

4/24/2013

Cidadania e Você


         CIDADANIA E VOCÊ

                                      Lucarocas

         Ser cidadão é ser gente. Gente como a gente que respeita o outro, que luta por direitos e sabe cumprir os seus deveres.
         Às vezes, em certas situações, ficamos sem saber como agir ou agimos sem pensar. Com as nossas atitudes magoamos pessoas e nos tornamos desagradáveis em muitos momentos.
         Para agirmos com segurança é necessário que reflitamos antes de tomar qualquer atitude e, para termos certeza de que não cometeremos injustiças, é só pensarmos no outro como se fosse nós mesmos. Nos colocar no lugar do outro é pensar como o outro se sentiria se sofresse a ação que estamos praticando.
         Cidadania e Você traz reflexões para que você seja ainda melhor do que é e, assim, possa sentir a vida com mais harmonia e serenidade para encontrar maneiras de ser mais feliz.
         Amor, Justiça e Caridade são elementos essenciais para que o ser humano seja ainda mais humano e desfrute da felicidade.
         Que você encontre nesse material o aprendizado que lhe dê a oportunidade de ser melhor com você e com os outros e, assim, ser mais feliz.


Lucarocas
Poeta e Comunicólogo
(85) 8897-4497 9985-7789
poeta@lucarocas.com.br