Rádio Lucarocas Artes e Letras

4/21/2012

A Ave e o Peixe



A Luz é a tua meta, o teu propósito.
Dela és feito e a ela deves retornar.
Quando a escuridão convidar-te a entrar em sua morada, lembra-te de que este não é o teu propósito.
Assim, permanecerás na Luz.
A ave quando vê o peixe no rio, mergulha e toma-o no bico para saciar sua fome.
Mas, quando o peixe é grande e pesado, ela o devolve ao rio, porque sabe dos perigos que corre se permanecer por muito tempo fora das alturas que a protege.

4/17/2012



                       ORAÇÃO PARA ABRIR OS CAMINHOS FINANCEIROS

      Mas não pode abandonar o trabalho nem a vontade de continuar trabalhando


      Leia com fé a ORAÇÃO e não duvide, porque será atendido.

            Creiam! Por isso quero transmitir-lhes a oração, e que Deus abençoe sua necessidade financeira e a satisfaça em dobro.

A benção financeira:

            Deus Pai Celestial, o mais cortês e amoroso, eu te invoco, Tu que bendiz minha família abundantemente. Sei que Tu reconheces que uma família é mais do que só uma mãe, pai, irmã e irmão, marido e esposa, senão um grupo onde todos crêem e confiam em Ti.

            Deus meu, Te elevo esta oração para que me bendigas financeiramente. Assim também desejo esta benção financeira a todos aqueles a quem amo. Sabemos do poder da oração unida por todos aqueles que crêem e confiam em Ti.

            Pai Amado, és o mais poderoso que pode existir. Eu te agradeço de antemão por Tuas bênçãos. Que DEUS Pai entregue agora mesmo à pessoa que lê isto, a abundância e misericórdia para o pagamento de suas dívidas e cargas econômicas, que floresçam seus bens, de acordo com a Sua vontade Divina, em harmonia perfeita para todo o mundo e sob Sua Graça Divina.

            Que Senhor derrame Sua piedosa sabedoria e que possamos ser bons servidores e administradores das bênçãos financeiras de Deus. Sabemos o maravilhoso e poderoso que És Pai Nosso e sabemos que se apenas Te obedecermos e caminharmos em Tua Palavra, ainda que tenhamos a fé do tamanho de uma semente de mostarda, Tu derramarás sobre todos nós Tuas bênçãos.

            Te agradeço agora Pai e Senhor Nosso, pelas bênçãos que acabamos de receber e as bênçãos que hão de vir.

            Em nome de Jesus Cristo, Deus, Amém.



4/15/2012

A Águia e o Pardal




O sol anunciava o final de mais um dia e lá, entre as árvores, estava Andala, um pardal que não se cansava de observar Yan, a grande águia. Seu vôo preciso, perfeito, enchia seus olhos de admiração. Sentia vontade em voar como a águia, mas não sabia como o fazer. Sentia vontade em ser forte como a águia, mas não conseguia assim ser. Todavia, não cansava de segui-la por entre as árvores só para vislumbrar tamanha beleza... Um dia estava a voar por entre a mata a observar o vôo de Yan, e de repente a águia sumiu da sua visão. Voou mais rápido para reencontrá-la, mas a águia havia desaparecido. Foi quando levou um enorme susto: deparou de uma forma muito repentina com a grande águia a sua frente. Tentou conter o seu vôo, mas foi impossível, acabou batendo de frente com o belo pássaro. Caiu desnorteado no chão e quando voltou a si, pode ver aquele pássaro imenso bem ao seu lado observando-o. Sentiu um calafrio no peito, suas asas ficaram arrepiadas e pôs-se em posição de luta. A águia em sua quietude apenas o olhava calma e mansamente, e com uma expressão séria, perguntou-lhe:
- Por que estás a me vigiar, Andala?
- Quero ser uma águia como tu, Yan. Mas, meu vôo é baixo, pois minhas asas são curtas e vislumbro pouco por não conseguir ultrapassar meus limites.
- E como te sentes amigo sem poder desfrutar, usufruir de tudo aquilo que está além do que podes alcançar com tuas pequenas asas?
- Sinto tristeza. Uma profunda tristeza. A vontade é muito grande de realizar este sonho... - O pardal suspirou olhando para o chão... E disse:
- Todos os dias acordo muito cedo para vê-la voar e caçar. És tão única, tão bela. Passo o dia a observar-te.
- E não voas? Ficas o tempo inteiro a me observar? Indagou Yan.
- Sim. A grande verdade é que gostaria de voar como tu voas... Mas as tuas alturas são demasiadas para mim e creio não ter forças para suportar os mesmos ventos que, com graça e experiência, tu cortas harmoniosamente...
- Andala, bem sabes que a natureza de cada um de nós é diferente, e isto não quer dizer que nunca poderás voar como uma águia. Sê firme em teu propósito e deixa que a águia que vive em ti possa dar rumos diferentes aos teus instintos. Se abrires apenas uma fresta para que esta águia que está em ti possa te guiar, esta dar-te-á a possibilidade de vires a voar tão alto como eu. Acredita! - E assim, a águia preparou-se para levantar vôo, mas voltou-se novamente ao pequeno pássaro que a ouvia atentamente:
- Andala, apenas mais uma coisa: Não poderás voar como uma águia, se não treinares incansavelmente por todos os dias. O treino é o que dá conhecimento, fortalecimento e compreensão para que possas dar realidade aos teus sonhos. Se não pões em prática a tua vontade, teu sonho sempre será apenas um sonho. Esta realidade é apenas para aqueles que não temem quebrar limites, crenças, conhecendo o que deve ser realmente conhecido. É para aqueles que acreditam serem livres, e quando trazes a liberdade em teu coração poderás adquirir as formas que desejares, pois já não estarás apegado a nenhuma delas, serás livre! Um pardal poderá, sempre, transformar-se numa águia, se esta for sua vontade. Confia em ti e voa, entrega tuas asas aos ventos e aprende o equilíbrio com eles. Tudo é possível para aqueles que compreenderam que são seres livres, basta apenas acreditar, basta apenas confiar na tua capacidade em aprender e ser feliz com tua escolha!
 

4/06/2012

Vida e Luz


 VIDA E LUZ
                      Lucarocas

Quando o tempo nos concebe
O milagre do viver
A natureza percebe
Num raio de amanhecer
Que a grandeza da vida
É Deus quem faz acolhida
Pro milagre acontecer.

Depois do milagre feito
Na vida brilha uma luz
Cada ser se faz perfeito
No caminho que conduz
E cantando a liberdade
Buscamos felicidade
Nos ensinos de Jesus.

Se no nosso caminhar
Nos acompanhar a dor
O tempo nos vai mostrar
A luz em seu esplendor
Então o nosso caminho
Terá a dor do espinho
Transformado em uma flor.

Se por ventura a tristeza
Tocar nosso coração
Lembremos toda grandeza
Que reside em simples grão
Partindo da simples forma
Com Deus o homem transforma
Na grandeza de ser pão.

O ser estando sozinho
Não deve sentir-se mal
Lembre a pureza do vinho
Que veio de um parreiral
E que Jesus consagrou
Quando seu sangue doou
Para a paz universal.

Se por acaso um amigo
Te cometer uma traição
Não lhe deseje perigo
Reze lhe dando o perdão
Pois até o Senhor Cristo
Passando também por isto
Deixou a sua lição.

Juntando vida e amor
Na mesa com vinho e pão
Decoramos com a flor
Que tem a cor do perdão
E num toque celestial
Todo festejo pascal
Se faz na ressurreição.

Renascido para a vida
Encontramos nova luz
Sem dor e sem despedida
Sem o sofrer de uma cruz
Ficamos todos felizes
Pois em nossas diretrizes
Quem nos guia é Jesus.

Votos de uma Feliz Páscoa!